Seu Corpo
Bons hábitos que combatem a osteoporose
por A Redação    Dia 25/08/2016      Seu Corpo

Os mais de 206 ossos que compõem o corpo humano são tecidos vivos formados por uma rede de fibras de colágeno, a matriz óssea, onde se fixam os sais minerais obtidos pela alimentação. Essa matriz está em constante renovação. Células especializadas como os osteoclastos reabsorvem as regiões envelhecidas, enquanto os osteoblastos produzem ossatura nova. A cada 10 anos o esqueleto humano se renova completamente! Com o passar dos anos, a absorção das células ósseas velhas aumenta e a formação de novas células diminui. :(

A osteoporose ocorre quando essa atividade de remodelação óssea, que diminui progressivamente. O resultado é o afinamento dos ossos. Eles se tornam mais porosos, ficam mais frágeis, aumentando o risco de fraturas. Inicialmente, não há sintomas. Como a doença é silenciosa e avança lentamente, geralmente a pessoa só descobre que tem osteoporose depois de fraturar um osso. Confira algumas dicas para prevenir e combater a doença:

– Aumente a ingestão de cálcio – ele é um mineral indispensável para garantir a recomposição da estrutura óssea. Boas fontes de cálcio são vegetais folhosos verdes, ovos, sementes, leguminosas e pães integrais feitos com farinha fortificada.

– Tome banhos de sol – a vitamina D é essencial para a absorção no intestino do cálcio obtido na alimentação. Embora o excesso de sol esteja ligado ao câncer de pele, cientistas tÊm recomendado 15 minutos de banho de sol entre 10h e 16h, pois é quando o índice UV é maior que 3 que a vitamina D é produzida. Suplementos de cálcio e vitamina D são recomendados para manter a massa óssea, especialmente nos pacientes cujas dietas são pobres em cálcio e que tomam pouco sol. Durante o inverno ou em casos de predisposição ao cêncer de pele, o ideal é o suplemento da vitamina, que é prescrita pelo médico ou nutricionista.

– Coma, pelo menos, cinco porções de frutas e vegetais por dia – eles são ricos em vitaminas, minerais, antioxidantes, isoflavonas (imitam a ação benéfica do estrogênio) necessários para a saúde dos ossos.

– Faça exercícios físicos regulares por pelo menos 30 a 60 minutos todos os dias – isso para estimular a formação dos ossos.

– Aumente a atividade física diária – para as pessoas mais velhas, qualquer atividade é bem-vinda, como andar, subir escadas, carregar sacolas, fazer o trabalho de casa e jardinagem. Essas atividades também estimulam e ajudam a fortalecer os músculos a fim de reduzir quedas.

Alguns nutrientes também são importantes para a saúde do esqueleto e dos músculos e podem ser prescritos na forma de suplementos antienvelhecimento. Considere isso na próxima consulta com o seu médico. São eles: magnésio, cálcio e fosfato, vitamina D3, vitamina K, isoflavonas e ácidos graxos essenciais. Coloque na sua dieta: linhaça, quinoa, feijão-branco, chia, painço e amaranto.

Via Revista Vida e Saúde

A Redação
COMENTÁRIOS
Comente com
MAIS LIDAS