Seu Corpo
De bem com a luz solar
por Edilson Valiante    Dia 04/08/2015      Seu Corpo

Não parece loucura ver como um campeão de Fórmula 1 dirige seu carro de corrida a mais de 300 Km por hora? E com que rapidez voa um avião comercial, com velocidade de cruzeiro de quase mil Km por hora? Todas as formas atuais de locomoção, mesmo uma espaçonave, parecem ridiculamente lentas perto da velocidade da luz solar. É difícil imaginar que um raio de luz solar viaja a 300 mil Km por segundo… Que energia!
A luz solar não é só tremendamente rápida, mas é extremamente essencial para a vida na Terra. É por causa dos raios solares que nossos olhos conseguem enxergar a singeleza de uma flor ou a beleza do rosto de uma criança. É pela energia dos raios solares que nos aquecemos. São os raios solares que permitem o crescimento da vegetação e a produção de alimentos. Cada segmento do espectro da luz solar contribui, à sua maneira para o delicado equilíbrio da vida no planeta, mesmo os que não podemos ver, mas sentimos os efeitos, como a luz infravermelha e a ultravioleta.
Assim, quais seriam os principais benefícios da luz solar sobre o nosso corpo? Em primeiro lugar, são os raios solares, combinados com certas substâncias da pele que produzem a vitamina D. Ela é essencial para que o fósforo e o cálcio sejam fixados nos ossos e dentes, evitando o raquitismo, a osteoporose e a diminuição nos níveis de imunidade do organismo.
A exposição à luz solar nos é benéfica ao auxiliar na diminuição da pressão sanguínea e no grau de açúcar no sangue. Contribui também no combate às infecções.
A vida moderna, de quando em quando, nos induz a extremos, prejudicando nossa saúde. Assim, temos que evitar viver ou trabalhar em ambientes excessivamente artificiais onde a luz elétrica substitua totalmente a luz solar. Por outro lado, a exposição demasiada os raios solares pode aumentar as chances de contrair um câncer de pele. Nesse aspecto, a saúde deve ser considerada com mais significância do que a estética – uma pele bronzeada nem sempre demonstra cuidado com o corpo.
Agora, expor-se ao sol nas primeiras horas da manhã ou à tardinha é uma prática saudável. Em casa ou no trabalho, é recomendável abrir as cortinas e janelas, permitindo a entrada da esterilizante luz solar. A palavra chave é equilíbrio.
Para que não sintamos a ação deletéria dos raios solares no nosso corpo, evite exposições prolongadas à radiação, sem que esteja utilizando filtros de proteção solar, hoje tão populares. Siga sempre a recomendação do fabricante quanto ao uso e o fator de proteção apropriado à sua pele. Cuide dos olhos, beba bastante água e prefira comer alimentos naturais, tais como frutas, verduras, cereais e legumes. E evite alimentos ricos em gorduras.

Edilson Valiante
COMENTÁRIOS
Comente com
MAIS LIDAS