100 Dúvidas
8 Dicas para prevenir acidentes domésticos com crianças
por A Redação    Dia 11/08/2016      100 Dúvidas

Acidentes domésticos são cada vez mais comuns e, na maioria dos casos, podem ser evitados. No caso das crianças, estar sempre de olho não é o suficiente. É preciso pensar em prevenir – cuidar com os brinquedos, colocar grades nas janelas ou panelas com o cabo para dentro do fogão são apenas algumas das medidas preventivas de acidentes domésticos. Confira outras dicas:

  1. Queimaduras – Nesta idade a criança não tem como se defender. Por isso, verifique sempre a temperatura da água do banho com o cotovelo. NUNCA fique com a criança no colo ao beber líquidos quentes. E cuidado com vaporizadores: mantenha-os longe do seu bebê! Cuidado com fósforos e acendedores de cigarros. Jamais fume ou permita que alguém fume próximo ao seu filho ou com ele no colo.
  1. Quedas – Nunca deixe o bebê sem vigilância ao trocar a fralda. Os locais mais seguros são o carrinho e o berço. Nunca deixe a criança no carrinho ou no bebê-conforto sem cinto de segurança.
  1. Brinquedos – Fique de olho na faixa etária! Os brinquedos precisam ser grandes o suficiente para não ser engolidos, sem arestas ou pontas e de material agradável a ser tocado e descoberto.
  1. Envenenamentos – Mantenha sempre remédios, detergentes e substâncias tóxicas na embalagem original, por causa do prazo de validade e bulas. Nunca dê remédios sem orientação médica. Para os maiores: nunca diga que o remédio é doce; não deixe bebidas alcoólicas ao alcance; ensine a criança a não aceitar nada de estranhos; tenha à mão telefone de seu médico, hospital próximo em caso de emergência; no caso de suspeita de ingestão acidental, leve a criança ao hospital com as embalagens encontradas próximas ou rompidas, ou restos de folhagens. Se ela vomitar, recolha para análise o que for expelido.
  1. Sufocamentos – Sacos plásticos, fios de telefone longos, cordões de brinquedos ou de chupeta podem asfixiar ou sufocar. Não permita que a criança brinque com objetos que possam sufocar ou ser aspirados. Não utilize travesseiros fofos (no caso de bebês)
  1. Afogamentos – Nunca deixe a criança sozinha na banheira ou piscina, mesmo que seja daquelas para bebês. Na piscina use SEMPRE a boia-braçadeira, mesmo com adultos por perto.
  1. Irmão mais velho – Cuidado com as crianças maiores. Elas não têm noção do perigo e, mesmo brincando, podem machucar o bebê.
  1. Automóvel – A criança deve sempre ficar no banco de trás. Nunca leve a criança no assento dianteiro. Jamais no colo. Use sempre a cadeirinha com o modelo adequado à idade.

(Dicas do Guia Prático de Primeiros Socorros)

A Redação
COMENTÁRIOS
Comente com
MAIS LIDAS